Naiara: a Inquieta-nata

Naiara Bertão 2Olá, pessoal.

Queria contar um pouquinho de mim hoje. Meu nome é Naiara Bertão, eu sou formada em jornalismo, moro em São Paulo há nove anos, amo cachorros, caminhadas, viagens e boas estórias. Estou fazendo uma pós-graduação em Economia. Desde o segundo ano de faculdade escrevo sobre economia e negócios. Já trabalhei em diversas empresas jornalísticas como Infomoney, Brasil Econômico, VEJA e já fiz também assessoria de imprensa para grandes marcas quando estive no Grupo Máquina entre otras cositas mas.

Até aí parece um currículo normal de uma jornalista especializada em economia, certo? Bom, é que por trás dessa fala bonitinha e pomposa tem uma Inquieta que é freak de cursos (estou fazendo quatro ao mesmo tempo, alguns já estão terminando – ufa!); se mete em diversos projetos paralelos; escreve para vários veículos; coordena a Comunicação de uma ONG (Ação Jovem) e agora está com um projeto de um livro que já se transformou em mais do que um livro.

Eu ainda tento fazer exercício físico de 3 a 5 vezes por semana – correr no parque, aula de jump na academia, pilates etc. Varia muito conforme o clima (não gosto de frio) e meu humor.

Ah, não posso esquecer que eu adoro sair com amigos, fazer jantares em casa e viajar.

Como eu dou conta de tudo? Até um mês atrás eu não fazia ideia. Mas nesse último mês que me joguei de cabeça no projeto do Inquietos S/A eu percebi que eu aprendi sozinha a gerenciar melhor meu tempo. Muito melhor que muitos os meus amigos que não fazem metade do que eu faço.

MAS…

Muitos Inquietos têm sérias dificuldades em focar em uma atividade só e fazê-la bem feita. Querer abraçar o mundo nem sempre é positivo. Falando por mim, já abandonei várias coisas que comecei e isso me deixou extremamente frustrada! A sensação de desistir de algo que você começou e queria terminar mas não deu conta é muito ruim.

Além disso, tem dias que eu ‘desmonto’. Fico tão exausta (física e mentalmente) que só tenho vontade de me jogar no sofá e me entregar ao Netflix. E isso me dá um certo desânimo momentâneo.

Será que vale a pena pegar muitas coisas ao mesmo tempo? Às vezes sim, às vezes não… Acho que vale uma reflexão dentro da agenda de cada um…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s