Inquieta #1: Martha Terenzzo – empreendedora, professora, viajante, amante de cafés e estrelas

Martha 2
Martha é uma amante de cafés… Parar uns minutos para um café é, para ela, um prazer eterno. Em sua casa tem sempre um expresso italiano!

Quando eu conheci a Martha a primeira coisa que me chamou foi sua energia. Eu era repórter de economia e negócios da VEJA, ela empresária e professora da ESPM. Eu queria entender mais do mundo de marcar (branding) e marketing e marcamos um almoço na Editora Abril. Eu já havia conversado com a Martha por telefone para uma matéria e a achei muito simpática, o que ela demonstrou ser ainda mais pessoalmente. O almoço foi longo, de boas conversas e ela quase me convenceu a prestar a prova do Mestrado da ESPM de tão entusiasta que é! Na conversa também descobrimos que tínhamos um amigo em comum – o sócio dela em uma das empresas que ela toca – e, por fim, recebi o convite para um curso de férias que ela ministra na ESPM – de Storytelling. Eu fui e agradeci depois por ter aceitado o convite. Não só porque conheci pessoas fantásticas que estavam estudando e ministrando as aulas junto com a Martha, mas principalmente porque estreitamos laços. Apesar da correria, fui acompanhando, nos meses seguintes, mais de perto o trabalho na Martha. Quando o projeto do Inquietos S/A saiu do papel eu logo pensei em entrevistá-la. Além de simpaticíssima, ela é uma Inquieta-exemplo para muitos.

Sua mente sempre voou longe, ela sempre tocou MUITOS projetos ao mesmo tempo, precisou se reinventar algumas vezes, mas aprendeu a lidar com suas dificuldades muito bem e hoje é uma mulher bem-sucedida, referência na sua área de atuação e bem consciente de que não é perfeita. Sua Inquietossa (Inquietude para os não-íntimos) é o conhecimento. Desde pequena ela tem sede de saber, um dom precioso em um mundo em constante renovação.

“Desde criança adorava mapas, dicionários e estrelas. Ver o céu cheio de estrelas provocava uma sensação de infinitude, de querer descobrir o mundo. Essa curiosidade permanece. Nunca cessou e hoje continuo trilhando mapas e vendo as estrelas me perguntando quando vou conhecer tudo”, disse Martha em seu depoimento ao Inquietos S/A.  “Para mim, ser curiosa me leva a ser inquieta pois quero sempre saber mais, fazer mais e aprender mais coisas sobre tudo.”Martha 3

Tudo-ao-mesmo-tempo-agora – Martha percebia desde criança que gostava de fazer muitas coisas paralelas. Sempre que alguém da família precisava de ajuda, lá estava ela para ajudar. “Obviamente era a mais ocupada mas colocava algo mais nas 24 horas”, conta.

Na época da faculdade, a força de vontade de Martha a ajudou muito. Sem dinheiro para pagar as contas, ela começou a trabalhar em todos os horários que podia: das 7h30 às 17h00. Mas não bastava. Ela ainda vendia na faculdade bolo, bijuteria e outras coisas que fazia aos fins de semana com a mãe. Também dava aula particulares aos sábados, fazia ponta de dublagem e arranjava tempo para estudar. Ah, ela ainda ia à pé para a faculdade em um trecho do caminho para economizar.

Como qualquer Inquieto, para fazer tudo isso, é preciso fazer escolhas. Martha mal dormia – só 4 horas por dia. “Achava isso muito bom, pois sempre tinha novidade na vida”, comenta.

Mente-inquieta – Martha é um exemplo de Inquieta que não é fisicamente agitada. Ela nunca foi rotulada de hiperativa. Ela tampouco é sonhadora em excesso. É bem ‘pé-no-chão’. E isso permitiu que ela conquistasse muitas coisas: um apartamento antes dos 30 anos, viajou o mundo antes dos 40 anos, namorou, casou, separou, namorou de novo, escreveu livros, plantou árvores – só não teve filhos por opção. “Sou uma realizadora”, resume. É claro que houve momentos em que ela sentiu que sua vida pessoal tinha sido deixada de lado, mas, diz, foi uma escolha.

Martha 1
Martha no Deserto do Atacama (Chile), quase fronteira com a Bolivia

Também passou pela fase da comparação“Percebi que fazia mais coisas do que muitas pessoas e que não era tão normal ter milhares de atividades. Até hoje minhas amigas e alunos questionam como mantenho minha mente tão inquieta.”

E do estresse com quem está em volta…“Sei que as vezes extrapolo, exijo demais dos outros e tenho que reduzir minha ansiedade e cobrança. Tendo a achar muita gente mole e lerda por não ser inquieta como eu. O que está errado. Cada um tem um ritmo, essa lição estou aprendendo ainda”, desabafa. 

Erros fazem parte da vida assim como acertos. E de acertos Martha é um exemplo e tanto.

Ela pode dar aula de como canalizar sua energia para a produtividade, o que ela conseguiu fazer muito bem. Ela conseguiu transformar sua Inquietossa em motivação e assim realizar o que sonhava. “Ser Inquieta não é desculpa para não ter foco ou deixar de fazer. Eu determinei que iria usar isso a meu favor e fiz”, conta ao Inquietos S/A.

Se foi fácil? “Deu trabalho e continua dando, cada conquista é suada e árdua, mas a mente inquieta e esse lado explorador fez com que eu inovasse na vida e me reinventasse todos os dias.” Hoje Martha tem aproximadamente 10 projetos engatilhados, entre profissionais e pessoais.

Martha 4“Toda vez que alguém me avisa que estou acelerada demais  tento me acalmar e repensar como agir com aquela pessoa. Mas o meu modelo de vida é esse, é regado de inovação, coisas para fazer e muitos projetos. Hoje tenho duas empresas, uma casa e negócios para administrar, aulas para dar, dois livros que estou escrevendo, um programa de rádio incluído, um programa de web em planejamento, uma viagem internacional aguardando o dólar abaixar, uma língua nova para aprender, sou conselheira de uma startup, dou palestras, sou mentora de dois empreendedores, faço pilates 3 vezes por semana,tenho namorado,irmãs .Acho que é uma vida agitada, mas normal.Eu acordo acelerada todas os dias,pulo da cama rápido, acho que faz parte do ritmo mesmo da pessoa. Ah, tomo muito café… será isso ?”

Anúncios

Um comentário sobre “Inquieta #1: Martha Terenzzo – empreendedora, professora, viajante, amante de cafés e estrelas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s