[Dica Inquieta] Maior olimpíada científica do Brasil abre inscrições

Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica conta com mais de 8,5 milhões de participantes em sua história Ao observar o céu à noite, você fica curioso sobre como as estrelas se formam, evoluem e morrem? Você se interessa sobre buracos negros, big bang e cosmologia? Então, o seu lugar é na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Fique atento, pois a edição desse ano, a … Continuar lendo [Dica Inquieta] Maior olimpíada científica do Brasil abre inscrições

[Inquietadica] Os melhores gestores são felizes fora do trabalho

Junho/2017 (Valor Econômico) Uma empresa bem-sucedida é aquela que tem muitos líderes – em todos os níveis hierárquicos. É isso que defende o israelense Tal Ben-Shahar, ex-professor de Harvard, universidade na qual ministrou aulas de psicologia positiva e psicologia da liderança, entre 2004 e 2008. Em seus cursos, alguns dos mais populares da escola, ele discorria sobre felicidade e satisfação pessoal. Agora, ele aborda os … Continuar lendo [Inquietadica] Os melhores gestores são felizes fora do trabalho

Quer aumentar seu nível de Felicidade no dia a dia? Use os happiness boosters a seu favor!

Vo cê já ouviu falar em happiness booster? Ou estimulador de felicidade? Se você quiser diminuir o nível de stress e aumentar a sensação de felicidade no seu dia a dia, é bom conhecer! Happiness booster nada mais é do que uma ação que que torna sua rotina mais feliz. No mundo real, temos de trabalhar, lidar com burocracias, trânsito, pessoas mal-humoradas e folgadas, e … Continuar lendo Quer aumentar seu nível de Felicidade no dia a dia? Use os happiness boosters a seu favor!

1 a cada 3 paulistanos estão estressados. E aí, como faz?

sintomas-de-estresse

Uma boa e outra má notícia. A má? 35% dos paulistanos (população economicamente ativa) estão estressados. Mesmo percentual que quem mora em Nova York, Washington e Miami. Boa notícia? 65% não estão! Ou seja, dá para aprender com quem ainda vive imune a esse mal, ou pelo menos sabe controlá-lo melhor.  Continuar lendo “1 a cada 3 paulistanos estão estressados. E aí, como faz?”

Em busca de Inquietos, Danone muda todo o seu processo de seleção de estágios e trainees

Danone Camp
Turma Danone Camp 2015

“Durante uma das reuniões foi questionado quem seria o responsável por um projeto piloto da empresa no Rio de Janeiro. Conhecendo minhas habilidades e sabendo que esse seria um desafio que me desenvolveria e me daria visibilidade na empresa, se desse certo, pedi ao time para ser o responsável. Com menos de 1 mês no projeto desembarquei no RJ com o objetivo de fazer as coisas acontecerem. Até aquele momento eu não sabia, mas essa atitude e, posteriormente, a experiência, fizeram toda diferença para meus primeiros passos no cargo. Durante 3 meses fui responsável por garantir a execução do projeto, lidando diretamente com a força de vendas, aproximadamente 300 pessoas e mais de 500 lojas. Por ser um dos projetos prioritários da empresa existia uma pressão para entregar os resultados, essa mistura de pressão, descobrimento e autodesenvolvimento foi fundamental para meu desenvolvimento pessoal e profissional.” Continuar lendo “Em busca de Inquietos, Danone muda todo o seu processo de seleção de estágios e trainees”

Haja pique! Japonês de 105 anos entra para o Guinness por correr 100m rasos em 44 segundos

 Uma notícia me pegou de surpresa hoje. Um japonês de nada menos do que 105 anos entrou para o livro dos recordes (Guinness) ao correr 100 metros rasos em pouco mais de 44 segundos. É o homem mais velho a alcançar esse tempo. E, mesmo assim, é um inquieto inconformado: “Não estou feliz com o tempo. Comecei a derramar algumas lágrimas durante a corrida porque fui ficando mais lento. Talvez, eu esteja ficando velho”, diz Hidekichi Miyazaki.  Continuar lendo “Haja pique! Japonês de 105 anos entra para o Guinness por correr 100m rasos em 44 segundos”

Porque ninguém é de ferro!

espongeOlá, pessoal. Faz um tempinho que não escrevo aqui e não vou usar a desculpa da falta de tempo. O tempo não está em falta, ele permanece o mesmo desde que eu nasci, mas o que eu faço com ele é que muda.

Eu acredito muito que nós fazemos nosso tempo e a culpa de eu não ter escrito aqui não foi do meu novo trabalho, da academia que eu recomecei, dor artigos que eu escrevo para alguns sites e nem das aulas exaustivas do MBA em Economia. A culpa é só minha. E eu a assumo com orgulho porque ninguém é de ferro!

A minha agenda, de fato, é lotada, mas eu trabalho com ela em prioridades. Fiquei três meses sem emprego depois de trabalhar três anos em redação. O primeiro mês foi lindo: fiz tudo que eu queria, especialmente me jogar na minha cama e assistir muitos filmes e seriados no Netflix. Comecei o projeto do Inquietos, participei de todos os eventos sobre empreendedorismo, feminismo, liderança, entre outros, que eu sempre quis e nunca pude. Retomei com tudo meus trabalhos voluntários – participo de duas ONGs, o Ação Jovem, de educação financeira, e a Base Colaborativa, na qual eu participo do grupo de estudos sobre Felicidade (Felizofia). Viajei para a casa dos meus pais no interior, brinquei com minha nova cachorra, saí para bares e restaurantes novos, frequentei os de sempre e fui ao parque correr/andar quase todos os dias. Posso dizer que foi lindo ❤ ❤ ❤. Ativei todos os planos B, C, D, E, F etc. e me senti uma pessoa livre, feliz e que via um grande potencial em ficar assim para o resto da vida. Mas… Continuar lendo “Porque ninguém é de ferro!”