Inquieta #1: Martha Terenzzo – empreendedora, professora, viajante, amante de cafés e estrelas

Martha 2
Martha é uma amante de cafés… Parar uns minutos para um café é, para ela, um prazer eterno. Em sua casa tem sempre um expresso italiano!

Quando eu conheci a Martha a primeira coisa que me chamou foi sua energia. Eu era repórter de economia e negócios da VEJA, ela empresária e professora da ESPM. Eu queria entender mais do mundo de marcar (branding) e marketing e marcamos um almoço na Editora Abril. Eu já havia conversado com a Martha por telefone para uma matéria e a achei muito simpática, o que ela demonstrou ser ainda mais pessoalmente. O almoço foi longo, de boas conversas e ela quase me convenceu a prestar a prova do Mestrado da ESPM de tão entusiasta que é! Continuar lendo “Inquieta #1: Martha Terenzzo – empreendedora, professora, viajante, amante de cafés e estrelas”

Anúncios

[Nai’ndica] TED: Susan Cain e O Poder dos Quietos

Susan no TED
Susan na apresentação no TED em 2012. A mala é uma metáfora sobre as memórias, pensamentos e tesouros que nos fazem sermos nós mesmos

Susan Cain passou sete ano escrevendo um livro muito interessante sobre o poder que os introvertidos têm. Apesar de a tradução para o português ter sido para “quietos”, acho que a melhor definição para seria introvertidos mesmo.

Eu acredito que há muitos Inquietos que são introvertidos, especialmente aqueles que são mentes-inquietas, que não conseguem parar de ter novas ideias e pensar em novos projetos. O livro está na minha cabeceira da cama – é o próximo – e vou falar melhor sobre ele depois. De qualquer forma indico esse TED em que Susan conta um pouco sobre a sua Inquietude que a levou a escrever “O Poder dos Quietos”.
#energiaparatransformar #vamosbrilhar #inquietossa Continuar lendo “[Nai’ndica] TED: Susan Cain e O Poder dos Quietos”

Técnica para desacelerar e se autoperceber

Livro - Ouse dizer NãoEstava eu lendo o ‘Caderno de Exercícios – Para se afirmar e enfim ousar dizer não’, de Anne von Stapper (Ed. Vozes) e me deparei com um exercício de respiração e autopercepção que gostaria de compartilhar com vocês. Ah, só uma observação: falei autopercepção porque acho que esse exercício, se praticado com certa frequência, mostra para a gente que estamos aqui … que nossa mente pode ir longe, mas não abandonamos nosso corpo. Ou seja, pode ajudar a percebermos que, em meio ao agitado (às vezes frenético) dia-a-dia, nós estamos aqui também, respirando para que toda a nossa energia seja combustível de transformação. Filosófico, não? Mas é interessante porque eu mesma já me peguei muitas vezes prendendo a respiração naquele momento ultra estressante. Se a gente se autoperceber, é bem mais fácil também identificar o que nosso corpo está pedindo (descanso, exercício físico, alimentação melhor, respiro etc).

Eu fiz a atividade e quero introduzi-la no meu dia a dia. Acho que mal não faz, não é?

Depois me falem o que acharam:  Continuar lendo “Técnica para desacelerar e se autoperceber”

Naiara: a Inquieta-nata

Naiara Bertão 2Olá, pessoal.

Queria contar um pouquinho de mim hoje. Meu nome é Naiara Bertão, eu sou formada em jornalismo, moro em São Paulo há nove anos, amo cachorros, caminhadas, viagens e boas estórias. Estou fazendo uma pós-graduação em Economia. Desde o segundo ano de faculdade escrevo sobre economia e negócios. Já trabalhei em diversas empresas jornalísticas como Infomoney, Brasil Econômico, VEJA e já fiz também assessoria de imprensa para grandes marcas quando estive no Grupo Máquina entre otras cositas mas. Continuar lendo “Naiara: a Inquieta-nata”

Por que Inquietos S/A?

Cover6Há um storytelling por trás do nome: a Inquietos S/A/ é uma grande corporação/comunidade global de Inquietos que produzem Energia para Transformar o Mundo.

Cada colaborador, com seu perfil e grau de Inquietossa, tem um grande poder realizador na sua casa, bairro, cidade, estado, país e no mundo! O desafio é focar, priorizar ideias e executá-las! Continuar lendo “Por que Inquietos S/A?”

A Inquietossa e o Inquietos S.A.

Inquietos SA

A Inquietude (eu tomei a liberdade de apelidar a minha de Inquietossa), é uma moça muito poderosa, que a todo momento está nos levando adiante e implorando por mais. Ela também nos deixa bem impacientes, bem estimulados e com muita vontade de realizações. E ela é tão sedutora que mal nos deixa dormir quando resolve conversar. Fica ali falando na nossa orelha e esperando que levantemos da cama e comecemos a agir imediatamente. Muito insistente, por sinal, mas um pouco atrapalhada. De tão agitada, ela acaba sendo estabanada, derrubando coisas e esquecendo onde deixou as chaves. Sua energia contagia (e nem estou fazendo propaganda do Guaraná Antárctica), mas também desfoca. É tanta vontade que transborda e não deixa a gente ver quais eram mesmo as prioridades. Continuar lendo “A Inquietossa e o Inquietos S.A.”